EXPOSIÇÃO

fundo preto

BEM-QUERER MARAJÓ

Com o objetivo de estabelecer e estreitar contatos com comunidades quilombolas do município de Salvaterra, na Ilha do Marajó, o projeto reuniu 43 fotógrafos de várias partes do Brasil para que registrassem imagens que refletissem as belezas, o modo de vida, as dificuldades e aspirações dos quilombolas, sempre respeitando a dignidade dos retratados e das comunidades locais.

Ao longo do mês de setembro de 2021 os 43 fotógrafos, separados em pequenos grupos, foram distribuídos em 12 comunidades quilombolas e puderam vivenciar as particularidades do dia a dia de cada quilombo.

João Ripper 2.png

BEM-QUERER MARAJÓ 

Mostra

Sábado, dia 12 de Fevereiro de 2022.
Casa de Cultura Odisseia

Endereço: Alameda Ministro Rocha Azevedo, 463.

A exposição estará aberta ao público das 14h às 22h

BEM-QUERER MARAJÓ é um projeto desenvolvido pelo fotógrafo humanista João Roberto Ripper e o StudioDezBelém, e começou lá na cidade de Belém, no Pará.

 


Após essa imersão, duas exposições fotográficas foram instaladas. A primeira, no Quilombo de Paixão, na Ilha de Marajó, tendo como convidados de honra, além da imprensa, os moradores de todas as comunidades. Posteriormente, a exposição tomou lugar na cidade de Belém, para maior alcance do público e, consequentemente, da visibilidade desse Brasil pouco conhecido pela maioria de nós.

Agora a mostra chega a São Paulo para dar continuidade ao seu propósito maior, que é ampliar o conhecimento do público sobre a existência e a necessidade da preservação da vida quilombola e das populações tradicionais no Brasil e no mundo.

O curador, João Ripper estará presente na abertura paulistana, e, assim como foi no Pará, todos os valores oriundos das vendas das obras serão revertidos para as comunidades quilombolas da ilha.

SERVIÇO
Exposição: Bem-Querer Marajó
Abertura: Dia 12 de fevereiro de 2022 (Das 16:00 às 22:00 horas)
Criação e realização: StudioDezBelém
Curadoria: João Ripper
Coordenação Geral: Valkiria Iacocca
Local: Casa de Cultura Odisseia
Endereço: Alameda Ministro Rocha Azevedo, 463
Exposição: Diariamente de 12 a 27 de fevereiro de 2022
A exposição também será realizada virtualmente.
Informações: @casaodisseia & www.odisseia.art.br
CONTATO: Valkiria Iacocca: (11) 9.9942.8796 – valkiriaiacocca@gmail.com

@casaodisseia
@joao_ripper
@valkiriaiacocca